Clubes da Série A devem R$ 1,8bi ao governo

Atlético-MG no topo, São Paulo o melhor entre grandes e trocado da Chape: jornal revela dívida de clubes com governo

A divida dos principais clubes do país com o governo federal é grande. De acordo com o jornal Folha de São Paulo, as 20 equipes da Série A acumulam, juntas, um déficit de R$ 1,8 bilhão com a União.

As dívidas são compostas por débitos tributários, Imposto de Renda, CSLL (Contribuição Social sobre Lucro Líquido), PIS e Confins, FGTS e INSS. De acordo com a reportagem, apenas uma parte menor, cerca de R$ 61,9 milhões, corresponde a uma situação irregular dos clubes.

Quem lidera a lista é o Atlético-MG. O déficit do clube passa de R$ 350 milhões, devendo R$ 120 milhões a mais que o segundo colocado, o Botafogo.

A lista continua com as agremiações cariocas: Flamengo, Fluminense e Vasco, que ocupam terceira, quarta e quinta posições, respectivamente. Ao todo, as equipes do Rio de Janeiro devem quase metade do passivo de R$ 1,8 bilhão e acumulam um déficit de R$ 834 milhões.

O Corinthians é o primeiro paulista a aparecer, com um débito de R$ 159 milhões, na sexta posição. O Palmeiras aparece em oitavo (R$ 86 milhões), enquanto o Santos ocupa a nona colocação (R$ 67 milhões). O São Paulo é o último a aparecer entre os grandes do Brasileirão, com dívida de R$ 36 milhões.

Na última colocação está a Chapecoense. A equipe catarinense tem uma déficit de ‘apenas’ R$ 175 mil e não possuí nenhum registro de dívida ativa com a união.

Veja a lista completa:

1. Atlético-MG – R$ 350,1 milhões

2. Botafogo – R$ 231,6 milhões

3. Flamengo – R$ 220,8 milhões

4. Vasco – R$ 209,4 milhões

5. Fluminense – R$ 172, 9 milhões

6. Corinthians – R$ 159,3 milhões

7. Internacional – R$ 128,1 milhões

8. Palmeiras – R$ 86,7 milhões

9. Santos – R$ 67, 8 milhões

10. Cruzeiro – R$ 54,8 milhões

11. Grêmio – R$ 43,6 milhões

12. São Paulo – R$ 36,4 milhões

13. Goiás – R$ 33,1 milhões

14. Bahia – R$ 29,4 milhões

15. Avaí – R$ 18,0 milhões

16. Fortaleza – R$ 11,8 milhões

17. Ceará – R$ 6,9 milhões

18. Atlético-PR – R$ 4,7 milhões

19. CSA – R$ 2,1 milhões

20. Chapecoense – R$ 175 mil

Compartilhe esta notícia:
Comente no Facebook: